quinta-feira, 1 de julho de 2010

Hello, Stranger!



O homem que se descreve é narcisista; e o homem sem pretensões ou sonhos, jamais será um homem.

Sou viciado em três coisas, das quais me orgulho muito: Cigarros, café e cinema. Os três C's.

Meu nome é Rafael, e de longe, eu tenho alguns sonhos. Um deles é dirigir um longa, do qual abuso de toda minha insanidade e meu pútrido psicológico, como em uma obra do David Lynch. Algo estilo Lars Von Trier, que retrate o drama da maneira correta: da maneira pessimista. Pretendo casar com a minha cinefilia e gerar alguns bons frutos - oque é dificil de encontrar hoje em dia.

Entre meus diretores favoritos (pode soar clichê, mas não é) estão: Quentin Tarantino, os Coen e o Lars Von Trier. Tenho uma grande simpatia com diretores das antigas, como o gênio Hitchcock e o sarcastico Woody Allen. Grande sincronia com Michael Haneke e Chan-wook park, diretor coreano fantastico. Do cinema comercial, Danny Boyle me traz alguma alegria, mas bobagem.

Moro no interior de São Paulo, mas nasci no lugar errado. Sempre discuti dizendo que meu lugar é na Inglaterra ou nos Estados unidos, Seattle, para ser mais certo. Nasci na década errada tambem: perdi a melhor época da música, a melhor época do cinema e a melhor época das pessoas. Isso me deprimi, mas bola pra frente.

Fechando esse primeiro post com chave de ouro, espero trazer algumas boas análises de filmes para vocês (ou não)

Grato, Rafael César.

2 Responses to “Hello, Stranger!”

anderson disse...

E NOZ QUE VOU DRAKIN
xD
TY:SESSHY

Joana disse...

Me sinto como você Rafael...Época errada,músicas erradas...Sem Woodstock...

Postar um comentário